15 dezembro, 2014

15 de Dezembro - Prioridade ou Opção?

 
 “Vinde a mim todos que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei Jesus (Mateus 11:28)
“Acho que Deus não me ouve... estou perdendo a minha fé e minha esperança. Por que dói tanto? Ele me pediu para amar e colocou em meu caminho alguém que não tem coração... não sou capaz de suportar isso. Já pedi tanto a Ele.. por que Ele não quer me ouvir? Peço somente uma transformação, peço somente que pare de doer...” Sinto muito de verdade pela sua dor, disse   quem o escutava, pois sei por experiência própria como é caminhar ferido e sangrando. Para onde corri nas minhas maiores dores? Para Jesus Cristo! Chorava com Ele, falava com Ele, reclamava com Ele e sempre fui consolada por Ele. E sabe por que corria para Ele? Porque Ele sofreu demais por pessoas que não mereciam, não reconheciam e não entenderam nada! E não é isso o que muitas vezes fazemos? Por isso eu sempre acreditei e acredito que Ele entende a nossa dor, e nos fortalece para seguirmos em frente, pois Ele conhece exatamente como é amar quem não merece.
Reflexão Dirigida:
1) Não tratemos com prioridade quem nos trata como opção.
2) A fé e a oração são os medicamentos que curam um coração ferido.
3) Leia também: http://angelscrist.blogspot.com.br/2011/07/transformacao-interior.html

 

23 novembro, 2014

23 de Novembro - Anjos Entre Nós

 “Deus mandará que os anjos Dele cuidem de você para protegê-lo aonde quer que você for"            Salmo 91:11

Eu caminhava pensativa pelo centro da cidade de São Paulo, me dirigindo para a R. Dna. Maria Paula, onde participaria de uma tensa reunião profissional. Quando já estava chegando no prédio para entrar, alguém me tocou no ombro. Virei para trás surpresa e me deparei com uma jovem que me entregando uma chave, me perguntou: “Essa chave não é sua?” Surpresa eu lhe respondi que sim, que era do meu carro. Ela então me falou que havia caído lá atrás, ainda quando eu caminhava pelo viaduto e que ela viu, pegou e tentava me entregar, porém o farol fechou e ela me perdeu no meio da multidão. Disse que procurou memorizar a blusa que eu estava e havia me seguido por vários quarteirões para devolver a chave. Eu lhe agradeci muito e disse que ela havia sido um anjo que Deus havia me enviado, pois seria um transtorno enorme eu chegar para pegar meu carro na estação Jabaquara do metrô e não estar com a chave. Fiquei emocionada com o amor e cuidado de Deus para comigo. Entrei na reunião tensa, porém com a certeza de que Deus estava cuidando de todos os detalhes, e tudo daria certo, como de fato, deu. 
Reflexão Dirigida:
1) Você reconhece os anjos que Deus coloca em seu caminho?
2) Muitos detalhes em nossas vidas são resultado do amor e cuidado de Deus.


04 setembro, 2014

4 de Setembro - Saboreie o café!



 “Eu Sou o caminho a verdade e a vida” Jesus (João 14:6)
Um grupo de ex-alunos, todos muito bem estabelecidos profissionalmente, reclamavam com um antigo professor sobre estresse no trabalho e na vida como um todo. Em dado momento o professor trouxe um grande bule de café e algumas xícaras de porcelana, de plástico e de cristal. Após todos se servirem o professor disse: “Se vocês repararem, pegaram todas as xícaras bonitas e caras, deixando as simples para trás. É claro que  vocês querem o melhor para si, porém, essa pode ser a fonte dos seus problemas e estresse. Pensem nisso: A  xícara em si não adiciona qualidade nenhuma ao café. O que todos vocês realmente queriam era o café, não as xícaras. A vida é o café, e os empregos, dinheiro e posição social são as xícaras. As vezes, ao nos concentrarmos apenas na xícara, esquecemos  de saborear o café que Deus nos deu".
Reflexão Dirigida: ,
1) Podemos sempre repensar e  mudar  nossas escolhas.
2) Aproveitemos o trajeto de nossa jornada e não somente o destino final.

08 julho, 2014

8 de Julho - Despertando Dons



 “Há diferentes habilidades para realizar o trabalho, mas é o mesmo Deus quem dá a cada um a habilidade de fazê-lo.” 1 Coríntios 12:6
O discípulo perguntou ao mestre: “Qual será o lugar mais rico deste mundo?” O sábio então lhe respondeu: “Os depósitos mais ricos de nosso planeta podem estar a alguns quarteirões de nossas casas. Estão no cemitério local, enterrados embaixo da terra. Dentro das paredes daqueles túmulos, estão sonhos que nunca se realizaram, canções que nunca foram escritas, pinturas que nunca encheram uma tela, ideias que nunca foram compartilhadas, visões que nunca se tornaram realidade, invenções que nunca foram criadas, planos que nunca passaram da prancheta mental e propósitos que nunca foram realizados. Os cemitérios estão repletos de um potencial que permaneceu inerte”. Hoje Deus nos chama a usar os dons que Ele deu a cada um de nós.
Reflexão Dirigida:
1) É tempo de inovar, ousar e  despertar os dons adormecidos dentro de nós.
2) O maior arrependimento na maioria das vezes, não está naquilo que fizemos e deu errado, mas naquilo que deixamos de fazer.

07 junho, 2014

7 de Junho - Fome de Afeto



“Meus filhos, o nosso amor não deve ser somente de palavras e de conversa. Deve ser um amor verdadeiro, que se mostra por meio de ações. (1 João 3:18)
O grande escritor russo Leon Tolstói escreveu que certa vez, caminhava por uma rua quando encontrou um pedinte. O escritor enfiou as mãos no bolso à procura  de alguns trocados, mas não havia nenhum dinheiro. Seus bolsos estavam vazios. Tolstói pediu desculpas ao homem que aguardava esperando receber algumas moedas: “Lamento, meu irmão, não tenho dinheiro algum para lhe dar.” Nesse momento o pedinte ficou com seu rosto iluminado. Ele respondeu: “Mas você já me presenteou com algo muito maior: você me chamou de irmão”. Para as pessoas que já desfrutam de carinho todos os dias, um pedacinho de amor não muda muita coisa. Porém, para o que está faminto de afeição, um pequeno gesto de afeto é motivo de celebração.
Reflexão Dirigida:
1) Se quisermos podemos oferecer muito mais aos outros.
2) Um sorriso, uma palavra, um gesto de amor, renova as forças dos que sofrem.
3) Leia também: http://angelscrist.blogspot.com.br/2011/12/pessoas.html

14 maio, 2014

14 de Maio - Crítica ou Elogio?



  “Que te importa a ti? Segue-me tu” João 21:22
Abraham Lincoln foi presidente dos Estados Unidos de 1861 a 1865 e soube o que significa conviver com críticas. Enfrentando uma forte oposição, conseguiu reunificar os Estados Unidos, ganhou a Guerra Civil e aboliu a Escravidão no país. Se tivesse permitido que seus críticos o derrotassem, Lincoln não teria realizado o que fez. Ele é citado pelas palavras que disse: “Se eu me dispusesse a não somente ler, mas a responder a todos os ataques que me são feitos, este escritório estaria fechado para qualquer outra atividade. Eu faço o melhor que posso fazer e pretendo continuar assim até o fim. Se no final eu tiver me saído bem, o que é dito contra mim não valerá nada. Se no final eu estiver equivocado, mesmo se 10 anjos jurassem que eu estava certo, isso não faria qualquer diferença”. As críticas podem consumir nossas vidas a ponto de ficarmos emocionalmente paralisados. A sabedoria nos convida a escolher caminharmos no bem, servindo a Deus com fidelidade sem nos deixar abalar pelas críticas. Ao fazemos isso, não precisamos responder aos nossos críticos com palavras, pois as nossas vidas vão dizer tudo o que é necessário.
Reflexão dirigida:
1) Como você reage quando é criticado?
2) Você  tem o hábito de criticar?
3) Melhor silenciar ao invés de criticar.

06 maio, 2014

6 de Maio - Esperança



“Meus filhos, o nosso amor não deve ser somente de palavras e de conversa. Deve ser um amor verdadeiro, que se mostra por meio de ações. (1 João 3:18)
“Quando o casal Mueller sentiu que Deus os chamava para trabalhar como missionários no Sudão, tudo o que sabiam é que ajudariam a construir um hospital naquele país destruído pela guerra. Quando a Sra. Mueller começou a trabalhar com as mulheres, descobriu que muitas eram viúvas por causa da devastadora guerra civil e não podiam se sustentar. Surgiu-lhe então uma idéia. Se pudesse dar apenas uma cabra prenha para cada mulher, ela teria leite e com isso uma fonte de renda. Para dar continuidade ao programa, por gratidão a Deus a mulher lhe devolveria um filhote recém-nascido que seria dado a outra mulher. Isso mudou a vida de muitas mulheres sudanesas, que com alegria receberam os ensinamentos cristãos.” E nós o que podemos fazer para aliviar o sofrimento e levar esperança aos que estão à nossa volta?
Reflexão Dirigida:
1) Deus conta conosco para levar esperança e conforto aos que necessitam.
2) Um sorriso, uma palavra, um gesto de amor fazem toda a diferença.