09 março, 2012

27 de Fevereiro - Maturidade Emocional

“Bem-aventurados os que choram, porque eles serão consolados” Jesus  (Mateus 5:4)
Uma mulher perdeu seu esposo de 40 anos por causa de um repentino ataque cardíaco. Ela disse que o sofrimento que resultou disso fez com que ela valorizasse mais o amor. Quando ouvia casais discutindo, algumas vezes lhes dizia: “Vocês não tem tempo para isso”. Ela comentava que os momentos perdidos, das nossas vidas se tornam mais preciosos quando não podem mais se repetir. A tristeza da perda muda nossa perspectiva de vida. É repetitivo mas verdadeiro: a maneira como lidamos com a tristeza vai nos fazer ou mais amargos ou melhores. Quando sofremos, parece mais que morremos do que crescemos. Mas à medida que Deus coloca seus braços de amor ao nosso redor, somos capacitados a aprender com a dor; a amadurecer através dela e a nos tornar pessoas melhores e mais solidárias.
Reflexão Dirigida:
1) Perguntemo-nos sempre o que podemos aprender com o que estamos vivendo.
2) A vida passa muito rápido para perdemos tempo com brigas e discussões bobas.
3) Buscando a Deus em nossa dor recebemos consolo e coragem para ir em frente.

24 de Fevereiro - Escravidão ou Liberdade?

“Minha é a prata, e meu é o ouro, disse o Senhor dos Exércitos” Ageu 2:8
Conta-se a história de um homem rico que achou que seu filho precisava aprender sobre gratidão. Então, enviou-o a morar com uma família pobre de fazendeiros. Depois de um mês, o filho retornou. O pai perguntou-lhe: “Então, agora você valoriza o que nós temos?” O menino pensou um instante e disse: “A família onde fiquei está numa situação melhor. Com o que eles plantaram, eles desfrutam das refeições juntos. E parece que eles sempre têm tempo uns para os outros”. O dinheiro é uma benção de fato, nos possibilita realizar muitas coisas, entretanto é preciso que ele esteja no lugar certo em nossas vidas. O dinheiro não pode comprar tudo. Mesmo que nossos corpos possam viver de coisas que o dinheiro compra, o dinheiro não pode evitar a amargura e o ressecamento de nossas almas, que só podem ser curados através do amor de Deus.
Reflexão Dirigida:
1) Que lugar o dinheiro ocupa em sua vida?
2) Busquemos equilíbrio entre nossa vida profissional e familiar.
3) Não permitamos que o dinheiro e os bens materiais nos escravizem.

23 de Fevereiro - Nossa Imagem

“ Criou Deus o homem à sua imagem e semelhança” Gênesis 1:26
“Certa vez eu estava almoçando com um amigo, quando um homem branco chamou-me de “menino”. Primeiro veio o choque, depois a ira e o ressentimento. Meu amigo até chegou a chorar. Por quê? O termo “menino” era um rótulo insultante dirigido aos homens negros nos EUA durante a escravatura, uma tentativa de roubar a identidade deles rebaixando-os a menos do que homens. Quando essa palavra horrível imprudentemente atravessou a minha alma, eu quis responder com um nome igualmente cruel. Mas algumas palavras de Jesus sobre assassinato e ira, me fizeram mudar de ideia. Quando Jesus estava ensinando os seus seguidores, citou o quinto mandamento: “Não matarás” e em seguida deu uma interpretação mais ampla: Tirar a vida de alguém não se limitava à morte física; você também podia ser culpado de homicídio por mostrar desprezo a uma pessoa através de palavras mortais que rebaixam e humilham” (MLW).
Reflexão Dirigida:
1) Ao insultar alguém ofendemos a Deus pois fomos criados à sua imagem.
2) Afastemo-nos de quem comete assassinatos emocionais através de palavras.
3) Que nossas palavras jamais firam, humilhem ou rebaixem alguém.