27 julho, 2011

26 de Julho - Saúde Emocional

“Eu vim para que tenham vida, e a tenham em abundância” Jesus (João 10:10)
Quando ela chegou ao nosso grupo, amparada por uma amiga, mal podia falar, só chorava. Em voz bem baixa, nos contou que estava tudo pronto para seu casamento e que seu noivo havia desistido de casar, oito dias antes da data marcada. Seu sonho havia sido estraçalhado em mil pedaços. O grupo a acolheu com carinho, e lhe incentivou a continuar vindo às reuniões semanais. Grande era o esforço que fazia a cada semana para se arrastar até a reunião, pois como ela dizia, sua vontade era não sair da cama, mas lutava para não desistir de si mesma. Seu esforço foi recompensado, e sua melhora ocorreu gradativamente. Isso reforçou para todo o grupo, a importância de nunca nos abandonar ou desistir da vida e de nós mesmos. Busquemos o consolo que só o Espírito Santo de Deus pode nos dar, e a ajuda necessária para tratarmos de nossa ferida emocional, nos negando a ser consumidos por ela, como tantos são.
Reflexão Dirigida:
1) Você luta para não desistir de si mesmo(a)?
2) Nossa saúde emocional é tão importante quanto a física.
3) O Espírito Santo derrama bálsamo em nossas feridas emocionais.

26 julho, 2011

25 de Julho - Alivie a Bagagem

 “Bem-aventurados os limpos de coração, porque eles verão a Deus” Jesus (Mateus 5:8)
Como está o seu coração? Pesado demais, e cheio de lembranças amargas? Alivie a bagagem... chega de levar tanto peso desnecessário. Por que insistir em manter lembranças amargas que lhe causaram tanta dor? Quantas oportunidades são deixadas para trás por estarmos amarrados ao passado? Deixemos no passado o que já passou. Que tal começarmos com uma faxina em nossos corações, escolhendo o que iremos deixar que permaneça nele e o que jogaremos fora? Muitos de nossos fardos já poderiam ter sido abandonados em outras curvas do caminho. Porém se isso ainda não foi feito, podemos fazer  hoje! Aproveitemos a preciosa oportunidade que Deus nos dá, de viver o momento presente, conscientes de que nossas atitudes de hoje construirão o nosso amanhã. Quanto mais leve a nossa mochila, mais fácil a subida rumo a conquista do que realmente almejamos.
Reflexão Dirigida:
1) Você fica remoendo os erros que cometeu no passado?
2) Peça a ajuda de Deus para limpar seu coração de antigas dores.
3) Perdoar é um gesto de amor por nós mesmos, pois nos liberta.

25 julho, 2011

22 de Julho - Amar Incondicionalmente


“Rios de água viva vão jorrar do coração de quem crê em mim” Jesus (João 7:38)
Certa vez uma mulher que havia perdido recentemente a filha de 13 anos com meningite, me perguntou porque as pessoas cristãs a tratavam com tanto carinho, nos lugares que a levavam, em busca de consolo. Eu lhe disse que ser cristão é amar como Jesus Cristo nos convida a amar: de forma incondicional. Amar os nossos familiares? Amar os nossos amigos? Sim, claro! Mas, ser cristão é ir muito mais além: É amar os que sofrem; os indefesos; os doentes; os injustiçados; os pequenos; os nossos irmãos de humanidade. Ser cristão é fazer a diferença aonde estivermos, manifestando o amor que vem de Jesus. Anos depois, tomando um café com esta mulher, ela disse: “Como o amor que recebi de pessoas que nem conhecia, me ajudou a sobreviver à tragédia da perda da minha filha! Elas ficaram ao meu lado em oração silenciosa; me ouviram repetir as mesmas coisas inúmeras vezes; choraram comigo e me amaram sem esperar nada em troca. Isso foi fundamental para que eu suportasse tanta dor”.
Reflexão Dirigida:
1) Deixemos que o amor de Deus se manifeste através de nós.
2) Não fuja dos que sofrem; mesmo em silêncio ofereça o seu amor.
3) Que hajam rios de água viva jorrando do seu coração.

23 julho, 2011

21 de Julho - Aparências

“Não julgueis segundo a aparência, mas julgai segundo a reta justiça” Jesus (João 7:24) 
Com o tempo aprendi que as pessoas muitas vezes não são o que aparentam. Aprendi que amizade e amor tem a ver com atitudes e não com palavras. Com o tempo aprendi que cabe a mim defender meus valores morais e sentido de justiça, mesmo quando para o outro, isso não tenha a menor importância. Aprendi que apesar de muitos me julgarem pela aparência, eu não preciso fazer o mesmo. Com o tempo aprendi que confiança não é para ser dada e sim conquistada. Aprendi que algumas pessoas não são sinceras, mesmo quando aparentam ser. Com o tempo aprendi que muitas vezes as pessoas que menos imaginamos, podem sentir inveja do que somos ou temos. Aprendi que cultivar a autoproteção através da prudência, e a amizade com Jesus, é um presente valioso que podemos nos dar e que não depende de nada e nem de ninguém.
Reflexão Dirigida:
1) Você julga pelas aparências?
2) Com Deus é possível enxergar além das aparências.
3) Sejamos maduros espiritualmente e cultivemos a prudência.

21 julho, 2011

20 de Julho - Sim! É Possível...

“Jesus disse-lhe: Levanta-te, toma o teu leito e anda. Logo aquele homem ficou são e tomou o seu leito e andava” Jesus (João 5:8) 
Muitos de nós gostaríamos que determinadas situações de nossas vidas fossem diferentes. Algumas mudanças não dependam só de nós, entretanto, podemos sim, mudar a nossa forma de reagir às situações. Porque se continuarmos pensando e reagindo da mesma forma; e fazendo sempre as mesmas coisas, como acontecerão mudanças? Para obtermos resultados diferentes precisamos fazer algo diferente. Da mesma forma como Jesus ordenou ao homem deficiente físico que foi curado, Ele hoje nos ordena: “Levanta e anda!”  É tempo de avançar, de confrontar nossos medos e ir além. É tempo de quebrar as correntes que nos prendem a situações que podem ser mudadas e que só dependem de nós. Que possamos guardar essas palavras de Jesus e repeti-las sempre que o desânimo, a tristeza, ou a vontade de desistir bater à nossa porta, pois da mesma forma que a deficiência física pode impedir alguém de caminhar a deficiência emocional também pode nos impedir de avançar e realizar os nossos sonhos e o propósito que Deus tem para nossa vida. 
Reflexão Dirigida:
1) A oração nos fortalece em momentos de fraqueza.
2) Coragem é sentir medo e ir em frente apesar dele.
3) Deixemos Jesus curar nossas deficiências emocionais.

20 de Julho - Encontro Mulheres Preciosas

20 julho, 2011

19 de Julho - Que haja Luz!

“Porque todo aquele que faz o mal odeia a luz, e não vem para luz, para que as suas obras não sejam reprovadas” Jesus (João 3:20)
Queiramos ou não, vivemos num mundo que está em constante batalha entre o bem e o mal. Mesmo que nossos olhos físicos não possam ver, a batalha está sendo travada e nós estamos no meio dela, e não há como fugir disso. A cada momento escolhemos se iremos expandir a luz ou as trevas, através de nossas palavras e ações. Pessoas, que não desejam que a luz venha sobre determinado local ou situação, desejam manter aquilo que fizeram ou fazem escondido na escuridão. E mais do que isso, querem nos manter no escuro, pois quando a luz chega, as trevas se dissipam, e o que antes não estava visível aos nossos olhos, passamos a enxergar. Que Deus nos ensine a amar e buscar  a luz cada dia mais, nos dando discernimento para identificar e coragem para nos unir, àqueles que, de fato amam e buscam a luz que vem Dele.
Reflexão Dirigida:
1) Que você leve a luz de Deus por onde passar.
2) A luz de Deus transforma as trevas em luz.
3) Que nada do que fazemos precise ficar escondido.

18 julho, 2011

18 de Julho - Deixe Deus Agir...

“Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim” Jesus (João 14:6)
Aquela mãe estava sofrendo. Espírita Kardecista dedicada, não se conformava que o seu filho mais velho havia se tornado Evangélico. Triste, me dizia que não entendia porque seu filho havia regredido tanto. “Como alguém que conheceu o espiritismo pode, regredir desse jeito”? – ela me perguntou, me olhando de forma indignada. “Deus, tem seus propósitos para a vida de cada um de nós, e precisamos estar abertos para as mudanças que Ele deseja fazer em nossas vidas. Não fique triste, pois não houve perdas na vida do seu filho e sim ganhos, pois Deus o levou a manter os olhos somente em Jesus Cristo, e desenvolver um relacionamento mais próximo com Ele. Isso é motivo de celebração e não de tristeza!” – eu lhe respondi. Surpresa ela me disse: “Eu não havia olhado por esse lado...” Quando nos despedimos pude ver que Jesus havia tocado aquele coração e que em lugar de tristeza Ele mesmo havia colocado entendimento e alegria.
Reflexão Dirigida:
1) Às vezes aquilo que julgamos perdas são ganhos.
2) Deixemos Deus agir livremente em nossas vidas.
3) Mantenha os olhos fixos em Jesus Cristo e não nas circunstâncias.

15 julho, 2011

15 de Julho - Transformação Pessoal

“Jesus disse aos empregados: Encham de água esses potes. Em seguida Jesus mandou: Agora tirem um pouco da água destes potes e levem ao dirigente da festa. Então o dirigente da festa provou a água e a água tinha se transformado em vinho” Jesus (João 2:7)      
 Alguns de nós anseia por transformação. Cansados de cometer os mesmos erros e pagar pelas suas consequências, ansiamos por mudanças dentro de nós. A boa notícia é que é possível sim, mudarmos nossa forma de nos relacionar e de reagir às situações da vida. A medida que paramos de olhar para o outro e começamos a olhar para nós, investindo no autoconhecimento, melhoramos nosso relacionamento conosco mesmo e consequentemente com o outro. Jesus é o mestre da transformação. O primeiro milagre que Ele fez em seu Ministério foi transformar a água em vinho em uma festa de casamento, evitando assim que os noivos ficassem em uma situação vergonhosa, pois o vinho havia acabado. Ao nos aproximar da luz que vem de Jesus, voltamos a sonhar e nosso jardim interior começa a florescer. Não aceite o inaceitável, mas busque por transformação, deixando que Deus lhe leve exatamente ao local e às pessoas que poderão lhe incentivar a ser tudo o que de fato Deus sonha que você seja.
Reflexão Dirigida:
1) Jamais desista de você mesmo(a) e dos seus sonhos.
2) Apresente à Jesus o que você gostaria de transformar.
3) Ninguém pode roubar o investimento que fizer em você mesmo(a).

14 julho, 2011

14 de Julho - Pessoas Difíceis

“Se amardes os que vos amam, que recompensa tereis? Não fazem os publicanos também assim?” Jesus (Mateus 5:46)
Um dos grandes desafios que enfrentamos em nossa caminhada em direção à luz que vem de Deus, é aprender a amar de forma incondicional. Amar quem não conhecemos, porém que nunca tenha nos prejudicado ou provocado é bem mais fácil do que amar uma pessoa difícil que faça parte da nossa família ou do nosso ambiente de trabalho. Amar pessoas agradáveis, afetivas e amorosas é gratificante e nos enche de boas energias. Entretanto, se a vida nos colocou ao lado de pessoas difíceis de conviver, é porque temos algo a aprender com isso. Talvez a ser mais pacientes e tolerantes. A aprender a silenciar mais vezes; a escolher as batalhas que vamos entrar; a aprender dizer “não” e a desenvolver a autoproteção. Peçamos a Jesus Cristo que nos ensine a amar da forma como Ele nos amou e continua a amar: incondicionalmente.
Reflexão Dirigida:
1) Você é alguém fácil ou difícil de se conviver?
2) Nas situações mais difíceis aprendemos lições preciosas.
3) Deus nos convida a expandir o amor que há em nosso coração.

13 julho, 2011

13 de Julho - Amor Possessivo

“Quem ama os outros não faz mal a eles” Paulo (Romanos 13:10)
Eles tinham um relacionamento tumultuado, cheio de altos e baixos, que acabou em separação. Refletindo sobre tudo o que acontecera durante os anos do relacionamento, e as várias vezes em que terminaram e voltaram, uma das partes afirmava que o maior problema enfrentado, era o fato do parceiro ser muito “possessivo” e querer que ela estivesse ao lado dele o tempo todo. Ela se sentia sufocada e desejava ter vida “além do relacionamento”. Como esse, muitos relacionamentos são destruídos, pela insistência de um dos parceiros querer controlar o outro e ser dono de sua vida. Um relacionamento saudável e duradouro é formado por momentos vividos, que tenham a ver com a vida de cada um e por momentos em que tenham a ver com a vida a dois. Tentar “controlar” ou “grudar” no outro para “garantir” que fique conosco, só irá distanciá-lo cada vez mais, pois ninguém gosta de ter sua vida controlada pelo outro.
Reflexão Dirigida:
1) O amor que você oferece liberta ou aprisiona?
2) Ser “possessivo” está na contramão do amor ensinado por Jesus.
3) Sob a orientação de Deus podemos amar de forma mais saudável.

Leia Também:
Violência Psicólógica :http://angelscrist.blogspot.com.br/2010/05/violencia-psicologica.html

12 julho, 2011

12 de Julho - Servir e Amar

“Porque o Filho do Homem também não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida em resgate de muitos” Jesus (Marcos 10:45)
Há pessoas tristes que precisam de alguém que as conforte. Há pessoas com medo que precisam de alguém que as encoraje. Há pessoas fortes que precisam de alguém que as façam pensar na melhor maneira de usar sua força. Há pessoas que julgam não saber fazer nada, e que precisam de alguém que as ajude a descobrir o quanto podem fazer. Há pessoas que se sentem perdidas e que precisam de alguém que lhes mostre o caminho. Há pessoas que se julgam sem valor algum e precisam de alguém que as ajude a descobrir como são valiosas. E nós, que muitas vezes pensamos não ter mais nenhuma utilidade, podemos ser justamente a pessoa que alguém esteja precisando agora. 
Reflexão Dirigida:
1) Deixemos que Deus nos use a favor de outros.
2) Jesus nos ensina o valor que há em servir ao próximo.
3) Que aprendamos a ser os pés e as mãos de Jesus na terra.

11 julho, 2011

11 de Julho - Refletir Antes...

“Se um de vocês quer construir uma torre, primeiro senta e calcula quanto vai custar, para ver se o dinheiro dá. Se não fizer isso, ele consegue colocar os alicerces, mas não pode terminar a construção. Aí todos os que virem o que aconteceu vão caçoar dele, dizendo: Este homem começou a constuir, mas não pôde terminar! Jesus (Lucas 14:28)
A impulsividade é um inimigo interno que temos que combater todos os dias. Agir de forma impulsiva, normalmente nos leva ao arrependimento. Pensar antes de falar, ponderar antes de agir e planejar antes de fazer, são requisitos indispensáveis para construirmos relacionamentos saudáveis e termos sucesso em nossos objetivos, sejam eles quais forem. Jesus nos ensina a planejar, a prestar atenção aos detalhes, e a nos programar cada vez que pensamos em realizar alguma coisa. Peçamos a Deus que nos ajude a controlar diariamente nossa impulsividade a fim de que pensemos antes de falar ou agir.
Reflexão Dirigida:
1) Conte até 10 ou 100, antes de falar ou agir.
2) Peça a Deus que lhe dê um coração disposto a aprender.
3) A reflexão evita muitos problemas que a impulsividade cria.

08 julho, 2011

8 de Julho - Uma Pessoa Preciosa

“Viste que foste precioso aos meus olhos, também foste honrado, e eu te amei” Isaías 43:4
Que o jardim do seu coração esteja sempre florido... mesmo que seja inverno ou que esteja nevando. Que o amor te mantenha aquecido(a)... mesmo que esteja frio. Que o seu sol interior continue brilhando...mesmo que esteja chovendo. Que o anoitecer abra a sua cortina com um bailado de lindas estrelas... mesmo que não haja lua e o céu esteja sombrio. Que Deus esteja do seu lado e retire todas as pedras que estejam no seu caminho, e quando isso não for possível, que Ele lhe pegue pela mão e lhe ensine a contornar cada uma delas, de forma que você chegue aonde precisa chegar. Que a esperança no seu coração seja uma chama sempre acessa...mesmo quando tantos tentam apagá-la. Que este dia seja de vitória para você... seja de alegria... de força... pois nada e nem ninguém, pode impedir o mover de Deus que está acontecendo nesse exato momento, a seu favor.
Reflexão dirigida:
1) Você não chegou a essa mensagem por acaso.
2) Deus está olhando para você e para suas necessidades.
3) Você é precioso(a) e tem grande valor diante de Deus.

05 julho, 2011

30 de Junho - Olhos do Coração

“Disse-lhe Jesus: Porque me viste, Tomé creste; bem-aventurados os que não viram e creram” João 20:29
Helen Keller, escritora cega e surda afirmou: “As melhores e mais lindas coisas da vida não podem ser vistas nem tocadas: devem ser sentidas com o coração”. Para a maioria das pessoas, o melhor da vida é possuir muitos bens e poder ver, tocar e interagir com algo concreto, que esteja interessada. Esse sistema de vida destrói a simplicidade e o sentimento verdadeiro. A vida deve ser gerada no coração e não no que acontece externamente. É tempo de mudarmos um pouco a nossa agenda, gastar mais tempo lendo, refletindo, orando, conversando com as pessoas, caminhando e sentindo o que está ao nosso redor. Que possamos dar menos importância ao que vemos com os olhos,e procuremos com o coração perceber o que realmente acontece.
Reflexão dirigida:
1) Que possamos sentir a presença de Deus conosco.
2) Os olhos do coração enxergam além das aparências.
3) Esteja atento ao que os seus sentimentos estão lhe dizendo.

04 julho, 2011

29 de Junho - A Lição III


“Salva-nos, agora, te pedimos, ó Senhor; Ó Senhor, te pedimos, prospera-nos” Salmo 118:25

Ficou triste e desesperado, imaginando que aquela humilde família tivera que vender a propriedade para sobreviver. Apertou o passo e chegando lá foi recebido por um caseiro muito simpático. Perguntou-lhe sobre a família que ali morava há uns quatro anos e o caseiro respondeu-lhe: “Continuam morando aqui”. Espantado, entrou correndo na casa e viu que era mesmo a família que visitara antes com o mestre. Elogiou o local e perguntou ao dono da vaquinha: “Como o senhor melhorou o sítio e está tão bem de vida”?! E o homem entusiasmado disse: “Tínhamos uma vaquinha que caiu no precipício e morreu. Daí em diante tivemos que fazer outras coisas e desenvolver habilidades que nem sabíamos que tínhamos. Assim alcançamos o sucesso que seus olhos vislumbram agora"!
Reflexão Dirigida:
1) Deus muitas vezes age para nos tirar da acomodação.
2) O que tem a aparência de perda pode na verdade ser ganho.
3) Não temos que compreender o mover de Deus e sim aceitá-lo.

28 de Junho - A Lição II


“Grandes coisas fez o Senhor por nós, pelas quais estamos alegres” Salmo 126:3

"O mestre então agradeceu-lhe pela informação, contemplou o lugar por uns momentos, depois se despediu e foi embora. No meio do caminho, ordenou ao seu fiel discípulo: “Pegue a vaquinha, leve-a ao precipício ali na frente, empurre-a e jogue-a lá embaixo”. O jovem arregalou os olhos espantado e questionou o mestre sobre o fato da vaquinha ser o único meio de sobrevivência daquela família, mas como percebeu o silencio absoluto do seu mestre, foi cumprir a ordem e empurrou a vaquinha morro abaixo. Aquela cena ficou marcada na memória do jovem durante alguns anos. Um belo dia, resolveu largar tudo o que havia aprendido e voltar àquele mesmo lugar e contar tudo à pobre família, pedir-lhe perdão e ajudá-los. Quando se aproximava do local, avistou um sítio muito bonito, com árvores floridas, todo murado, com carro na garagem e algumas crianças brincando no jardim". Continua...

27 de Junho - A Lição

“Esforça-te todo o povo da terra, diz o Senhor, e trabalhai; porque Eu Sou convosco, diz o Senhor dos exércitos” Ageu 2:4
Um mestre sábio passeava por uma floresta com seu fiel discípulo, quando avistou ao longe um sítio de aparência pobre e resolveu visitá-lo. Durante o percurso, falou ao aprendiz sobre a importância das visitas e as oportunidades de aprendizado que temos com as pessoas que pouco ou nada conhecemos. Chegando lá pode constatar a pobreza do lugar, com uma casa de madeira e sem calçamento. Os moradores, um casal e três filhos, estavam vestidos com roupas rasgadas e sujas! Aproximou-se do dono do sítio e perguntou: “Nesse lugar não há sinais de pontos de comércio e de trabalho. Como sobrevive aqui com sua família”? O homem calmamente lhe respondeu: “Temos uma vaquinha que nos dá vários litros de leite todos os dias. Uma parte desse produto vendemos ou trocamos na cidade vizinha por outros gêneros alimentícios e com o restante produzimos queijo e coalhada para nosso consumo e assim vamos sobrevivendo.” continua...





02 julho, 2011

22 de Junho - Servir

“Lembrem dos que sofrem, como se vocês estivessem sofrendo com eles” Hebreus 13:3
Um jovem americano de nome Dennis Plummer queria conhecer melhor a população de seu país mediante o contato direto com as pessoas e por meio das histórias que lhe contassem. Desse modo, o rapaz, recém formado em psicologia, começou a percorrer a pé o território dos Estados Unidos. No fim de seu primeiro ano de caminhada, Dennis havia entrevistado todo tipo de pessoas: empresários, operários, empregados, camponeses, marinheiros e inclusive narcotraficantes e prostitutas. Tinha ido a várias cidades, as maiores e as menores de seu país. Depois disso, ele escreveu este comentário: “O que percebia nas pessoas era uma espécie de questionamento sobre o sentido da própria vida. O homicida número 1 dos Estados Unidos é o tédio. De diferentes maneiras, as pessoas estão buscando um significado para a vida” (Enrique Chaij, Ainda Existe Esperança).
Reflexão Dirigida:
1) Qual é o sentido que você dá a vida?
2) Combata o tédio estendendo a mão aos que sofrem.
3) Deus nos ensina o real significado de nossas vidas.